13 de abril de 2007

FISL 2007 - Balanço primeiro dia

O balanço no primeiro dia (12/04) do FISL, começando pelos aspectos negativos:

- Poucas chamadas para palestras me chamaram a atenção, logo foram poucas que eu fui assistir, e infelizmente todas elas foram decepcionantes. Ponto fraco as palestras deste primeiro dia.

- A estrutura de suporte do evento ainda não está 100%, link para a internet instável, muitas vezes mais lento que uma linha discadinha, alguns pontos caiu a luz. Estes pontos acho extremamente grave para o evento.


Agoras as coisas legais, que fazem o evento valer a pena:

- Poder trocar idéia com vários fodões da área, que provavelmente desenvolveram algum framework que você esteja usando. Existe fonte melhor que essa para obter informações?

- Poder detalhar o trabalho feito no JavaFree ao pessoal que o (des)conhece.

- Poder conhecer pessoalmente uma cambada de gente que freqüenta o portal do JavaFree.

- Confraternizar a galera é muito show, vários contatos, diversas discussões técnicas, compartilhamento de experiências, momento de bobeira, enfim, na minha opinião é este tipo de coisa que faz o sucesso do evento.

- Tomar cafézinho a vontade, não um cafézinho qualquer, e sim um capuccino ou chocolate. Para deixar a situação mais "estressante", tais quitutes são servidos por baitas gostosas.


E vcs? Alguma palestra decente?
O que mais vocês curtiram?

4 comentários:

tsilva disse...

Palestras interessantes (nada que me tirasse o folego, porém. Mas isso é difícil...). Parece que tem bem mais gente do que ano passado...

Também acho que é esta galera que importa mesmo e faz a diferença...

[]`s

Giovane Roslindo Kuhn disse...

Principais temas abordados:
- Inclusão digital
- Cases de implantação de software livre
- VoIP


PORRA, onde estão as palestras técnicas? Onde estão os fodões da área?

Andre disse...

"- Tomar cafézinho a vontade, não um cafézinho qualquer, e sim um capuccino ou chocolate. Para deixar a situação mais "estressante", tais quitutes são servidos por baitas gostosas."

E pq não tem um evento desses por Santa Catarina??????

Giovane Roslindo Kuhn disse...

Posso dizer que em SC temos competência nos dois lados :

- Várias mulheres gatas
- Gente competente fazendo software livre

Não é uma má idéia hehehe !!!