28 de fevereiro de 2007

Gerentes de projetos inatos.

Sim... você é um, eu sou, todos nós somos gerentes de projetos por nascença. Ouso até em dizer que somos grandes gerentes de projetos, só não confundam com gerentes de grandes projetos.

Pense nos últimos projetos que você gerenciou, daqueles que você aloca e administra recursos, estima prazos, define características e prioridades, negocia com clientes, enfim, todas as atividades que um gerente (como nós) sabe executar.

Você vem com essa: "Ah, eu nunca gerenciei um projeto, aliás, nem sei executar todas estas atividades!"

Será? Aposto que você já gerenciou vários projetos, e digo mais, vários deles ao mesmo tempo. Também aposto que a grande maioria dos projetos tiveram êxito e muitos deles pleno sucesso. Cito exemplo:

Faltam 2 meses para acabarem as suas aulas na faculdade, datas marcadas para as entregas dos trabalhos finais de BD, Compiladores, Linguagens de Programação, SO (éca), além das provas finais, incluindo o temível Cálculo VII. Cara, você tá em apuros!

Você vai para casa, xingando os professores é claro, e pensa em tudo que deve ser feito. Em Linguagens de Programação você está bem na foto e logo define: "Vou deixar por último, se der tempo, faço alguma coisinha".

Em SO a coisa muda de figura, além da professora ser chata, você não gosta da disciplina. Sorte a sua que o trabalho é em dupla e um dos seus colegas manja muito. Você muito esperto, combina com este colega de fazerem juntos o trabalho. Como tem muita coisa a ser feita, já marcam para toda terça e quinta a noite o desenvolvimento deste trabalho.

Sobre BD e Compiladores você divaga: "Vou precisar de um compilador para o meu BD, então é melhor eu começar o meu trabalho de Compiladores para ganhar experiência, depois começo o de BD". Pelas suas contas você precisaria trabalhar umas 12 horas por semana nestes 2 projetos para conseguir entregar a tempo. Acho melhor você cortar as saídas de sexta a noite para conseguir estas 12 horas cara, afinal, são só 2 meses.

Para as provas você resolve estudar aos finais de semana, e no dia anterior à prova dar aquela revisada. Como você pode ver, tudo planejado.

Após 1 mês, o trabalho final de SO está de vento em popa, afinal o seu colega está mandando ver. O de Compiladores você teve vários problemas, já sanados, mas que fizeram atrasar o trabalho de BD. Lá foi você chorar as pitangas para o professor de BD, mas ele aceitou você não fazer os comandos "order by" e "group by". As provas melhor impossível, só o temível cálculo que não entrava na cabeça.

Prazos encerrando, SO entregue, Compiladores entregue, BD faltando pequenos detalhes, e Linguagens de Programação (você esqueceu ?). Sorte sua que o professor é gente boa, com 5 minutos de conversa você consegue mais 1 semana de prazo. Pra melhorar a história, o bicho é o maior matão, então qualquer meleca que você fizer está bom. Provas faltando apenas de cálculo, mas você prometeu se dedicar neste último final de semana.

Por fim tudo entregue e você no bar com os amigos comemorando o término do semestre. Só um coisa, lembre de voltar no próximo semestre para fazer Cálculo VII novamente. =PPP

Dada as devidas proporções, não te achasse um gerente de projeto?

Um comentário:

Daniel Fernandes Martins disse...

Cara.. muito bom o post. Tive um professor na faculdade que falou algo parecido na sua aula. E sabe do que mais, vcs. têm toda a razão.

Um outro exemplo legal de gerência de projetos foi quando o Brasil tomou côco da França, na copa do mundo. Aquilo, assim como o exemplo da faculdade, é um exemplo perfeito. Afinal, nem sempre os projetos são um sucesso, huh?! :D

[]'s